Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Homem fica preso em elevador do Carrefour e é achado quase 2 dias depois

O funcionário desapareceu no sábado e ficou cerca de 36 horas preso no equipamento sem comer nem beber

Por Redação VEJA São Paulo 28 set 2021, 11h01

Um funcionário da rede de supermercado Carrefour desapareceu no último sábado (25) e foi encontrado no elevador do estabelecimento na segunda-feira (27). O homem ficou aproximadamente 36 horas preso no equipamento, sem comer nem beber. O caso aconteceu em Santos, no litoral de São Paulo.

A mãe do desaparecido notou a falta dele, mas não chegou a registrar um Boletim de Ocorrência. Ele foi socorrido na manhã de segunda-feira (27) após ficar preso em um elevador de carga que parou de funcionar. Ainda não se sabe o motivo da falha técnica, que é investigada.

Há também uma investigação para entender se o homem, que trabalha há sete anos no local, não pediu ajuda. O que pode ter resultado em uma demora para o socorro era a localização do elevador, em uma área restrita para funcionários. Mesmo o estabelecimento tendo funcionado no domingo, ninguém chegou a percebê-lo ali.

Por meio de nota, o Carrefour afirma que o empregado da rede está bem, com a família e que recebeu atendimento médico. Foi disponibilizado um assistente social à vítima.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Continua após a publicidade

Publicidade