Clique e assine com até 89% de desconto

Frente fria chegou em São Paulo: como ficam os próximos dias?

A previsão do tempo indica frio nos últimos dias de julho, mas agosto chega alterando o clima

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 29 jul 2020, 18h20 - Publicado em 29 jul 2020, 11h17

A quarta-feira (29) amanheceu com temperaturas mais baixas. Os termômetros não devem passar dos 19 graus e há possibilidade de chuva fraca ao longo do dia. O índice de umidade relativa do ar melhorou: está em 60% (na terça, o índice era de 34%).

A quinta-feira (30) deve ser um pouco mais fria, com variação de temperaturas entre 13 e 17 graus e garoa. Na sexta (31), as temperaturas ficam entre 13 e 19 graus e a umidade do ar deve variar entre 55% e 95%, sem previsão de chuva.

A frente fria vai perdendo força no final de semana, com amplitude térmica bem variável. No sábado (1), a mínima é de 12 graus e a máxima, de 22 graus, sem chuva. A manhã e a tarde já devem ter sol aparente entre nuvens. O domingo (2) fica bem parecido. A partir da segunda (3), no entanto, o tempo esquenta com temperaturas entre 18 e 26 graus.

O inverno neste 2020 foi menos rigoroso do que em anos anteriores. O sol brilhou em grande parte da estação no estado e o tempo ficou mais seco.

Continua após a publicidade
Publicidade