Clique e assine por apenas 6,90/mês

Quem foi Filinto Müller

Como chefe de polícia política do governo de Getúlio Vargas, ele teve o nome associado a episódios de tortura

Por Maurício Xavier - Atualizado em 14 Feb 2020, 16h00 - Publicado em 3 Aug 2018, 06h00

Bacharel em direito, Filinto Müller participou da Revolta Paulista de 1924, no período em que prestava serviço militar como primeiro-tenente do Exército no Quartel de Quitaúna, em São Paulo. Após se transferir para o Rio de Janeiro, então capital do país, atuou como chefe da polícia política do governo de Getúlio Vargas e teve seu nome associado a episódios de tortura. O caso de maior repercussão foi o da detenção e deportação da judia Olga Benário, à época grávida de seu companheiro, o militante comunista Luís Carlos Prestes. Ela foi executada no campo de extermínio de Bern burg, na Alemanha, em 1942. Müller morreu em 1973, aos 73 anos.

Publicidade