Clique e assine por apenas 6,90/mês

Falta de energia prejudica ônibus, metrô e provoca filas na capital

Filas extensas de passageiros, superlotação e até princípios de confusão foram verificados em terminais e estações

Por Veja São Paulo - Atualizado em 1 jun 2017, 17h07 - Publicado em 19 jan 2015, 18h37

 

Após o corte de energia em São Paulo nesta segunda (19) e a consequente parada da Linha 4-Amarela do Metrô, o caos se espalhou pelo sistema de ônibus do centro à Zona Sul. Por volta das 16h, o Terminal Bandeira, próximo à Estação Anhangabaú do Metrô, estava lotado e com extensas filas de passageiros.

+ Apagão atinge São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná

Por todo o corredor Avenida 9 de julho, Avenida São Gabriel e Avenida Santo Amaro, os pontos de ônibus estavam lotados. Passageiros se empurravam para entrar nos veículos, já lotados e sob um calor de 38ºC. Para complicar, semáforos também estavam desligados em várias regiões.

Apagão Semáforos
Apagão Semáforos

Na altura Universidade FMU, da Avenida Santo Amaro, por volta das 16h20, cerca de sete ônibus travaram o corredor em fila. Dentro do ônibus 6505-10, linha Terminal Bandeira/Terminal Guarapiranga, passageiros entraram em pânico e começaram a gritar e a chutar as portas para descer do ônibus. No veículo biarticulado, mais de 150 pessoas se apertavam, inclusive muitos idosos.

+ Falta de energia interrompe Linha 4-Amarela

A Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo registrou paralisação nesta tarde. Porém, por volta das 17h, a operação estava normalizada. Segundo a concessionária privada ViaQuatro, que administra o ramal, o problema se deve à “oscilação de tensão” da rede elétrica na região da Estação Luz, no centro.

Um apagão atingiu diversos estados brasileiros nesta tarde desta segunda. De acordo com a Eletropaulo, mais de 700 megawatts de energia distribuída foram cortados a pedido do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade