Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ex-vice-prefeita de Paulínia morre por Covid-19 dois dias após filho

Vanda Camargo não chegou a ser informada da morte de Vinícius Camargo, de 25 anos; marido está internado em estado grave

Por Redação VEJA São Paulo 29 mar 2021, 17h51

Vanda Maria Camargo dos Santos, ex-vice-prefeita da cidade de Paulínia, no interior de São Paulo, morreu na madrugada de sábado (27) por Covid-19, dois dias após seu filho Vinícius Camargo, de 25 anos, também não resistir à doença. 

Vanda e o filho foram internados no Hospital Municipal da cidade. O quadro de Camargo se agravou antes do de sua mãe e ele precisou ser intubado. Alguns dias depois, Vanda foi para UTI-Covid e precisou passar pelo mesmo procedimento. No entanto, ao dar entrada na UTI, seu filho morreu.

A ex-vice-prefeita passou dois dias resistindo através da ventilação mecânica, mas acabou morrendo devido à complicações da doença. Não houve tempo para informá-la sobre a morte de Vinícius Camargo. 

O marido de Vanda, Belo, também foi diagnosticado com Covid-19 e está internado em um leito de UTI-Covid no mesmo hospital, em estado grave.

Em nota, a prefeitura de Paulínia lamentou as mortes. “A Administração se solidariza com todos seus familiares e deseja melhoras ao seu marido, Belo, que encontra-se internado no Hospital Municipal, também em decorrência da Covid-19”. 

 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade