Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estudante morre após sofrer descarga elétrica ao usar fone de ouvido

O equipamento foi recolhido totalmente queimado; Danilo Mauricio Alves Xavier também era técnico de informática

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 abr 2021, 11h08 - Publicado em 6 abr 2021, 10h59

Danilo Mauricio Alves Xavier, 30, morreu neste último sábado após receber uma descarga elétrica ao usar um fone de ouvido ligado a um computador. O técnico de informática e estudante de direito morava em Nova América, em Goiás.

Adriana Oliveira, de 32 anos, mulher de Xavier, disse que o marido estava usando o fone para estudar quando levou o choque e os dois filhos do casal correram para avisar a mãe. O cunhado, que também estava no quarto, tirou o computador da tomada e deitou o irmão no chão. Ela conseguiu socorrê-lo enquanto aguardavam pela ambulância e o estudante foi levado a uma UBS com vida, mas não resistiu.

A perícia deve investigar as causas da morte de Danilo Xavier. O fone de ouvido, que estava totalmente queimado, foi recolhido e o laudo ficará pronto em até 30 dias.

Adriana lamentou a situação, afirmando que a família ainda não sabe o que aconteceu já que não estava chovendo. Ela conta que o sonho do marido era se tornar promotor de Justiça e que ele estava se dedicando muito em busca de realizá-lo.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade