Continua após publicidade

Doria deve enviar nesta segunda projeto para privatizar Anhembi

Projeto de Lei prevê a privatização da SPTuris, que inclui o Complexo do Anhembi e suas estruturas, como o sambódromo e o pavilhão de exposições

Por Estadão Conteúdo
Atualizado em 28 ago 2017, 09h24 - Publicado em 28 ago 2017, 09h08

O prefeito João Doria (PSDB) deve enviar nesta segunda-feira (28) à Câmara Municipal o Projeto de Lei que prevê a privatização da São Paulo Turismo (SPTuris), que inclui o Complexo do Anhembi e suas estruturas, como o sambódromo e o pavilhão de exposições. A ideia é que a empresa de eventos da Prefeitura seja vendida em um leilão na B3. A decisão de vender o Anhembi junto com a SPTuris foi tomada por Doria para facilitar a negociação na Bolsa.

A Prefeitura colocará à disposição sua participação acionária na companhia, que é de 97%. Além disso, com as privatizações do Anhembi e do Autódromo de Interlagos, também administrado pela SPTuris, a estatal municipal ficaria sem função. Hoje, a empresa tem cerca de 400 funcionários e receita anual de quase 250 milhões de reais.

Fontes da Prefeitura afirmam que auditoria externa contratada pela gestão municipal concluiu que a SPTuris deu prejuízo de 70 milhões de reais somente no ano passado.

Continua após a publicidade

Para coordenar o processo de venda da SPTuris, a Prefeitura irá contratar uma empresa de consultoria que ficará encarregada de fazer a avaliação econômico-financeira de toda estrutura que será privatizada, definir o preço mínimo e executar a venda da SPTuris e seus ativos. A contratação será feita por pregão eletrônico com base no menor preço. O teto do custo do serviço é de 11 milhões de reais.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.