Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Furto de cabos reduz velocidade de duas linhas da CPTM

A equipe técnica da CPTM percebeu a ocorrência nas linhas 11 - Coral e 12 - Safira, que estão operando com velocidade reduzida e maior tempo de parada

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 28 ago 2017, 08h53 - Publicado em 28 ago 2017, 08h40

O furto de cabos necessários para a operação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) afetou a velocidade dos trens na manhã desta segunda-feira (28). A equipe técnica da CPTM percebeu a ocorrência nas linhas 11 – Coral e 12 – Safira, que estão operando com velocidade reduzida e maior tempo de parada.

As linhas fazem um trajeto paralelo entre as estações Brás e Tatuapé, onde ocorreu o roubo dos cabos e entre as quais a movimentação dos trens foi reduzida. Até às 7h05, o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) não havia sido acionado.

Às 7h20, diversas estações das duas linhas continuavam lotadas, com passageiros aguardando por mais tempo a chegada dos trens. No último dia 14 de agosto, a companhia também sofreu ações de vandalismo, quando cabos de sinalização foram furtados.

  • Publicidade