Continua após publicidade

Doria anuncia fim do uso de máscaras em locais fechados

Decreto prevê manutenção da obrigatoriedade apenas para transporte público e em unidades de saúde tais como hospitais e clínicas

Por Clayton Freitas
Atualizado em 17 mar 2022, 17h57 - Publicado em 17 mar 2022, 17h02

O governador João Doria (PSDB) informou na tarde desta quinta-feira (17) em sua conta no Twitter ter assinado um decreto que libera imediatamente a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados no estado de São Paulo.

A exceção fica para os transportes públicos e unidades de saúde.

Em nota encaminhada logo após o anúncio de Doria, a comunicação do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, informou que a decisão foi tomada após uma nota técnica do Comitê Científico.

Continua após a publicidade

+Campo de Marte: Bolsonaro assina acordo com Nunes e São Paulo encerra litígio judicial de seis décadas

“Recebi hoje à tarde uma nota técnica do Comitê Científico que demonstra uma melhora consistente na situação epidemiológica no Estado. Por isso decidi, com respaldo desses cientistas e médicos, abolir imediatamente a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os ambientes, com exceção de unidades de saúde, hospitais e transporte público”, disse Doria, em nota.

Considerada por especialistas como uma das principais medidas para prevenir a contaminação do vírus da Covid-19, o uso obrigatório das máscaras teve início em maio de 2020.

Continua após a publicidade

+ViaMobilidade anuncia série de ações de melhoria nas linhas 8 e 9 da CPTM

O efeito imediato se dá porque a administração estadual já publicou o decreto assinado por Doria em uma publicação extra do Diário Oficial.

O documento cita a obrigatoriedade da máscara nos transportes públicos –ônibus, metrô e trens– e unidades de saúde tais como hospitais e clínicas, e torna opcional no caso de bares, academias, comércios, salas de aulas. As máscaras também continuam obrigatórias em áreas de acesso, embarque e desembarque de passageiros.

Continua após a publicidade

Desde o último dia 9, o item deixou de ser exigido em locais abertos, porém, ainda era obrigatório em todos os ambientes fechados.

Segundo o governo estadual, a liberação pode ocorrer por dois motivos. O primeiro é que 90% da população elegível (acima de 5 anos de idade) já está vacinada. Outro foi a análise de dados relativos a 14 dias após o Carnaval. Segundo a nota do governo estadual, houve melhora nos índices epidemiológicos –casos, internações e mortes.

Continua após a publicidade

+Pessoas de 60 a 79 anos voltam a ser maioria em UTIs Covid privadas

Idosos e crianças

A liberação quase que total do uso das máscaras ocorre num momento em que os idosos voltaram a ser maioria nos leitos de UTI Covid, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira pelo Sindhosp, e a vacinação das crianças de 5 anos a 11 anos caminha a passos de tartaruga.

Continua após a publicidade

Para evitar que esse cenário se agrave, o governo estadual anunciou na quarta-feira (16) o início da vacinação de pessoas com 80 anos ou mais de idade com uma quarta dose da vacina contra a Covid-19 a partir da próxima segunda-feira (21). Ainda não há uma previsão de quando outras faixas etárias começam a ser imunizadas com mais uma injeção.

No caso das crianças, as autoridades de saúde dizem que a estagnação se deve a muitas desinformações a respeito da vacina para esse público.

No estado, 73,83% das crianças tomaram a primeira dose do imunizante, e apenas 29,14% a segunda dose.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.