Doria promete afastar os 38 PMs envolvidos na operação de Paraisópolis

O compromisso foi firmado durante encontro com as famílias das vítimas no Palácio dos Bandeirantes

O governador João Doria (PSDB) se comprometeu a afastar os 38 policiais militares envolvidos na operação que deixou nove mortos em Paraisópolis, na Zona Sul da capital, no último dia 1º. O compromisso foi firmado na última segunda-feira (9), durante encontro com as famílias das vítimas no Palácio dos Bandeirantes. Foram eles que reivindicaram o afastamento dos agentes, que só poderão realizar atividades administrativas até o fim das investigações.

Os familiares temiam represálias e inferências nas investigações por parte dos policiais. Seis já haviam sido afastados inicialmente, agora serão mais 32. Também participaram do encontro secretários estaduais, Defensoria Pública e a Procuradoria do estado.

“A reunião foi para escutar as famílias, mostrar a postura do Estado, o que estamos fazendo e pretendemos fazer. A palavra principal da reunião foi respeito, transparência e providências que o Estado deve tomar. As providências agora são de transparência, de respeito ao luto das famílias e de programas que vão atender à necessidade das comunidades”, disse a Procuradora Geral do Estado, Lia Porto Corona.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s