Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Dois engenheiros são condenados por acidente na Arena Corinthians

Caso aconteceu no dia 27 de novembro de 2013

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 4 abr 2018, 10h28 - Publicado em 4 abr 2018, 10h07

Os engenheiros civis Frederico Marcos de Almeida Horta Barbosa e Marcio Prado Wermelinger, ambos da Odebrecht, foram condenados pela Justiça no processo que trata da morte de dois operários nas obras da Arena Corinthians após a queda de um guindaste que provocou o desabamento de uma parte do estádio.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e o Judiciário acatou a tese de que ambos foram responsáveis pelo tombamento do guindaste. Os profissionais foram enquadrados nos artigos 256 (pena para quem causa desabamento, expondo perigo à vida de terceiros) e 258 (determina aumento da pena em caso de morte) do Código Penal.

“Tanto Barbosa quanto Wermelinger foram condenados a um ano, seis meses e vinte dias de detenção em regime inicial aberto. A pena foi convertida em prestação de serviços à comunidade, pagamento de prestação pecuniária no valor de 80 salários mínimos (para Barbosa) e de cinquenta salários mínimos (para Wermelinger)”, disse o MP-SP.

Frederico Barbosa era o responsável técnico pela obra enquanto Wermelinger tinha a função de acompanhar as atividades da empresa Locar, terceirizada que operava o guindaste. Outras quatro pessoas foram absolvidas (José Walter Joaquim, Leanderson Breder Dias, Valentim Valaretto e Gilson Guardia), mas a promotoria prometeu recorrer.

O acidente no canteiro de obras do estádio do Corinthians, no bairro de Itaquera, ocorreu em 27 de novembro de 2013. Na ocasião, a torre do guindaste estava levantando uma peça da cobertura de 420 toneladas e tombou. O motorista e operador de caminhão-guindaste Fábio Luiz Pereira, de 41 anos, e o montador de cadeiras Ronaldo Oliveira dos Santos, de 43 anos, foram atingidos e morreram.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês