Clique e assine por apenas 6,90/mês

Sangue de cordão umbilical

Por Bruna Gomes - Atualizado em 5 dez 2016, 19h04 - Publicado em 30 nov 2009, 16h25

Outra fonte para as pessoas que precisam de um transplante de medula óssea é o sangue dos cordões umbilicais. O Ministério da Saúde criou, em setembro de 2004, a Rede Nacional de Bancos Públicos de Cordão Umbilical, denominada Brasil Cord. Atualmente, há duas unidades de Banco Público de Cordão Umbilical no Brasil ligadas ao Brasil Cord: uma no Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Rio de Janeiro, e outra no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Para ser uma doadora a gestante deve ter entre 18 e 36 anos, ter no mínimo duas consultas pré-natal documentadas e não possuir doenças como câncer e anemia, por exemplo. O processo não oferece qualquer risco para a mãe ou o bebê. Como é um processo rigoroso, apenas algumas maternidades estão autorizadas a fazer a coleta.

Banco de Cordão Umbilical Hospital Israelita Albert Einstein: Avenida Albert Einstein, 627 – 701/ 1º subsolo Bloco B – Morumbi. Tel.: (11) 3747-1200.

Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch :Estrada do M’Boi Mirim, 5 203 – Jardim Ângela. Tel.: (11) 5832-2500.

Publicidade