Clique e assine por apenas 6,90/mês

Dez dicas para o seu cão sair bem na foto

Técnicas para você pegar o melhor ângulo do seu animal de estimação

Por Anna Carolina Oliveira - Atualizado em 5 Dec 2016, 17h19 - Publicado em 16 Mar 2012, 18h51

1. Nada de muita decoração, cores e objetos. O destaque da foto é o pet. Escolha fundos neutros para deixar seu modelo em evidência.

2. Quanto mais espontâneo, melhor. Para registrar o animal de estimação, deixe-o em um ambiente confortável e conhecido. Se ele não está acostumado a passear em parques, por exemplo, é mais difícil fazê-lo posar.

3. Se ele é muito agitado ou simplesmente não fica parado para a foto, coloque perto seu brinquedo favorito. Assim, o pet se distrai e não percebe que está no foco da câmera.

4. Esta dica é especificamente para cães. Pegue discretamente uma bolinha ou brinquedo que faz barulho e, sem ele perceber, bem na hora do clique, aperte o objeto. Quando ouve um som, o cachorro costuma levantar as orelhas ou fazer uma carinha de quem está atento. Neste momento, clique.

Continua após a publicidade

5. Quer registrar aquele momento em que o bichinho está de barrigão para cima? Brinque e faça bastante carinho na barriga dele. Quando o pet estiver na posição, tire a mão e peça para alguém soltar os flashes.

6. Deixar o cão ou gato em uma pose mais elaborada e rezar para ele não se mexer não vai funcionar. Se você quer que ele fique paradinho, tente dar um petisco como agrado.

7. Dar comandos pode ajudar a mudar as expressões do animal. Se o seu bicho de estimação não foi adestrado, mas interage quando você conversa com ele, faça isso enquanto registra o “bate-papo” com a máquina fotográfica.

8. Roupinhas e adereços dão um toque especial no look, mas cuidado: se o pet não está acostumado a ser “fantasiado”, dificilmente vai ficar parado para a foto. Opte por um item menor, como uma gravatinha ou laços.

Continua após a publicidade

9. Se você quer clicar seu companheiro de quatro patas ao ar livre, vá com mais uma pessoa ao lugar escolhido. Dessa forma, um fica com a câmera enquanto o outro toma conta e interage com o bichinho.


10.
Para fotos externas, também é recomendável ir a lugares mais calmos e em horários menos agitados. Assim, o pet não se distrai tanto.

Publicidade