Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Derico chora pela morte de Jô Soares: “Foi uma espécie de pai”

O músico, que integrava o "Sexteto" dos programas, trabalhou durante 28 anos com o apresentador

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 ago 2022, 09h43 - Publicado em 5 ago 2022, 09h42

O músico Derico Sciotti, que integrou o “Sexteto” durante anos nos programas de Jô Soares, lamentou a perda do apresentador, que morreu na madrugada desta sexta-feira (5) aos 84 anos em São Paulo. Muito emocionado, ele relembrou a parceria com Jô.

“É muito triste. Fiquei 28 anos lá, metade da minha vida trabalhando com o Jô. Tenho 56 anos e 28 foram trabalhando com ele, que é uma pessoa incrível, foi uma espécie de um pai mesmo. Tive momentos maravilhosos com ele. Ele me ensinou tudo”, disse Sciotti ao Bom Dia SP, da TV Globo.

“Comecei a trabalhar com ele aos 22 anos de idade e sai com 50 anos. A minha vida inteira passei ouvindo ele. Eu sentava naquela cadeira e via a história do Brasil e do mundo passar. O carinho e a generosidade dele são inesquecíveis. Apesar do programa ser o ‘Programa do Jô’, ele dizia que não fazia sozinho. Sempre deu abertura para a gente desenvolver as nossas capacidades”, declarou.

+ Derico fala sobre a relação com Jô Soares

Em entrevista à Vejinha em março deste ano, Derico já havia falado sobre a relação com Jô. “Falei, falei com ele. Mas reencontrar, não. Ele está restrito na pandemia, mais recluso… Mas conversamos. Ele é muito querido. Foram 28 anos juntos, uma relação de pai e filho. A gente se fala sempre.”

Ele também falou sobre como Jõ era como chefe. “Ele fazia o exercício do poder muito bem. Tinha certeza do que queria, mas também um dom de delegar muito raro, principalmente em alto nível. Quando eu fazia as paródias no programa, por exemplo, ele dizia apenas: ‘Bacana, surpreenda-me’ (Bacana é o apelido carinhoso entre ambos). Tinha a vaidade dele, como todo mundo. Mas eu acordava com vontade de trabalhar.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês