Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Polícia encontra crânio humano em sacola dentro de ônibus

Passageiro disse que o resto mortal é de seu irmão mais velho e que o guarda por questões culturais

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 8 jun 2021, 11h33 - Publicado em 8 jun 2021, 11h31

A Polícia Civil apreendeu um crânio humano durante a fiscalização de um ônibus na Rodovia Castello Branco, próximo à cidade de Itu. O resto mortal estava com um passageiro boliviano que afirmou que fazia o transporte por motivos culturais de sua família. O crânia foi encontrado em uma bagagem de mão na tarde desta segunda-feira (7).

O veículo foi parado pela Polícia Rodoviária entre 12h e 13h enquanto seguia para a capital paulista vindo de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. De acordo com o passageiro, o crânio pertencia ao seu irmão mais velho, que morreu na Argentina. Após ter o corpo cremado, a lembrança acabou guardada por uma questão de costume familiar. 

O boliviano foi autuado pelo crime de transporte ilegal ou recolhimento de partes do corpo humano sem haver informado a procedência. A ossada foi apreendida e deve passar por uma perícia técnica. 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade