Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Jovem de 21 anos com Down que venceu Covid morre após reinfecção

Na primeira vez que enfrentou a doença, Amanda Carvalho de Lima ficou internada por 47 dias e saiu aplaudida do hospital

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 9 jun 2021, 11h20 - Publicado em 9 jun 2021, 11h19

Recuperada da Covid-19 em junho de 2020, Amanda Carvalho de Lima, de 21 anos, morreu na última quinta-feira (3) após reinfecção da doença. Moradora de Taquarivaí, no interior do estado, ela tinha Síndrome de Down e a Diretoria de Saúde do município confirmou o segundo diagnóstico do vírus através de um teste RT-PCR.

Na primeira vez em que precisou enfrentar a Covid-19, no ano passado, a jovem ficou 47 dias no hospital. No dia de sua saída, foi homenageada pela equipe médica com muitos aplausos. 

No final do mês passado, Amanda novamente apresentou sintomas do vírus. Ela foi levada de ambulância a um hospital da região. De lá, foi encaminhada para a Santa Casa de Itapeva, onde ficou internada até o dia 3 de junho, quando não resistiu às complicações da doença e faleceu. 

A Diretoria de Saúde de Taquarivaí havia feito os testes de Covid-19 na paciente quando ela deu entrada na instituição de saúde, mas eles só ficaram prontos após o óbito. Apesar de ter tomado a primeira dose da vacina AstraZeneca no dia 12 de maio, Amanda tinha, além da Síndrome de Down, alguns problemas de saúde e havia passado por traqueostomia. 

Amanda Carvalho de Lima deixa o pai, a mãe e 14 irmãos. Ela foi a décima quarta pessoa a falecer na cidade de Taquarivaí pela doença, segundo boletim epidemiológico do município.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade