Grupos de corrida estão em alta na cidade; veja turmas curiosas

Os times se segmentaram para atender a diferentes gostos

O crescimento de competições de corrida na capital fez surgir provas para diferentes gostos. A algumas delas pode-se levar o cachorro, outras são voltadas às crianças, há disputas à noite, torneios para ir fantasiado, para enfrentar obstáculos… De acordo com a Federação Paulista de Atletismo, a capital sediou 157 provas para aproximadamente 570 000 participantes no ano passado, um aumento de quase 70% desde 2012.

“É uma forma de praticar uma atividade física e socializar-se”, afirma Nelson Evêncio, presidente da Associação dos Treinadores de Corrida. Nesse embalo, aparecem novos grupos segmentados de treino. São equipes compostas em sua maioria de atletas amadores, guiados pela vontade de sair do sedentarismo e se divertir (às vezes também competir). Em vez de se aventurar sozinho, um incentiva o outro. Em São Paulo, não faltam turmas para interessados com preferências e objetivos diversos.

Um segmento que vem ganhando atenção é o das mulheres — a participação delas nas provas aumentou 127% desde 2012, enquanto a dos homens subiu 41%. Criada em março por estudantes da USP, a equipe Elas que Voam se baseia no empoderamento feminino. Reúne entre 35 e cinquenta adeptas. Durante uma hora, elas circulam pela Cidade Universitária, no Butantã, aos sábados, e no Parque Ibirapuera, às segundas.

Não é preciso pagar nada, apenas se inscrever. “Ainda há pouca representatividade feminina no esporte”, analisa a líder, Esther Paranha. “Queremos mudar isso.” Assim como outros grupos, elas contam com o apoio da Adidas, que oferece um profissional para orientação, equipamentos e espaço de base, estrutura também disponibilizada pela Nike a praticantes paulistanos.

Verônica Grether, Alice Fonseca, Esther Paranha, Marcella Cassemiro, Liana Tortato: coletivo feminista

Verônica Grether, Alice Fonseca, Esther Paranha, Marcella Cassemiro, Liana Tortato: coletivo feminista (Reinaldo Canato/Veja SP)

Outro coletivo do tipo, o Alphabeers montou uma combinação inusitada: uniu fãs de cerveja e esporte. Todo primeiro sábado do mês, cerca de cinquenta membros se encontram em algum bar da metrópole, partem dali para se exercitar e encerram a brincadeira no ponto inicial com uma comemoração regada a bebidas artesanais.

Para participar, deve-se desembolsar 40 reais. “Recebemos gordos, magros, experientes, iniciantes…”, explica o educador físico Rodrigo Kimura, que fundou a panelinha no ano passado. Voltado para principiantes e criado há sete meses, o SBR no Corre junta apaixonados por modelos diferentes de tênis.

Um dos organizadores, o publicitário Jaime Ha, por exemplo, recheia o armário com 150 pares. “Alguns integrantes revezam os modelos para evitar o desgaste das peças, mas acredito que os estragos são como cicatrizes e contam a história do sapato”, diz o engenheiro Gerson Gomes, coordenador do time.

Focado na comunidade LGBT, o Unicorns é bastante disputado. Com percursos de até 5 quilômetros, os treinos semanais, na região central e no Parque Ibirapuera, têm sessenta vagas, que costumam se esgotar rapidamente. “O objetivo deles é melhorar
a performance física, e servem ainda como ponto de encontro fora de bares e baladas”, afirma o fundador da comunidade, Bruno Host.

O Closeyros, comandado pela influenciadora digital Magá Moura, também exibe pegada descontraída. Com música, glitter e roupas coloridas – com direito a tiara com chifre de unicórnio -, ela agrega um pessoal jovem e descolado aos domingos, ao pôr do sol, no Minhocão: “Atendemos quem tem preguiça de acordar às 5 da manhã para disputar uma maratona.

Closeyros: grupo de corrida guiado por Magá Moura treina aos domingos no Minhocão

Closeyros: grupo de corrida guiado por Magá Moura treina aos domingos no Minhocão (Gabi Batista/Nike/Divulgação)

EXERCÍCIO E DIVERSÃO

Uma lista de grupos de corrida curiosos

Alphabeers. Para fãs de cerveja. Treinos todo primeiro sábado do mês, normalmente em Pinheiros. Para participar, é preciso
pagar 40 reais. Inscrições: alphabeers.com/clube-de-corrida.

Closeyros. Divertido, traz música e figurinos inusitados. Treinos todo domingo às 16h30 no Minhocão. Inscrições: nike.com.br/corrida/nrc.

Elas que Voam. Baseado no empoderamento feminino. Treinos no Parque Ibirapuera ou na Cidade Universitária, às segundas e aos sábados. Inscrições: adidas.com.br/adidasrunners.

Unicorns. Voltado à comunidade LGBT. Treinos no Parque Ibirapuera e no Minhocão, às quintas e aos domingos. Inscrições: adidas.com.br/adidasrunners.

SBR no Corre. Reúne apaixonados por tênis. Treinos no Parque do Povo e na Praça Benedito Calixto, às terças e aos domingos. Inscrições: adidas.com.br/adidasrunners.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s