Com chuvas e ventos fortes, São Paulo tem a tarde mais fria do ano

Segundo o Climatempo, sensação térmica por volta do meio-dia era de 9 graus. A mínima registrada no período da tarde, este ano, foi de 15,5 graus

A cidade de São Paulo tem a tarde mais fria do ano nesta quarta-feira (1). Segundo o Climatempo, a mínima registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) foi de 13,5°C, abaixo dos 15,5°C do dia 11 de julho – até então, essa era a menor temperatura do ano para o período vespertino.

Para se ter uma ideia, por volta do meio-dia, a temperatura na região do aeroporto de Congonhas era de 13°C, com sensação térmica de 9°C. Para a noite, a sensação térmica deve permanecer abaixo dos 10°C em muitas áreas da cidade.

De acordo com o Climatempo, o termômetro só começa a passar dos 20°C no próximo fim de semana e, ainda assim, não deve subir muito mais que isso.

Para quinta-feira (2), a previsão é de que a Grande São Paulo amanheça nublada, com garoas. Em alguns locais, o sol deve aparecer entre nuvens no fim da manhã e no começo da tarde, mas a noite deve ser nublada. Na sexta-feira e no fim de semana, pode chover forte na Grande São Paulo e algumas cidades do interior.

Enquanto isso, no sul do país…

O primeiro dia de agosto deste ano foi marcado com temperaturas abaixo de zero grau e geada em vários municípios dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em Pinheiro Machado, na região sul do estado gaúcho, os termômetros registraram nesta manhã -3,4°C. Já em Santana do Livramento, na fronteira com o Uruguai, a marca foi de -0,9°C, mesma temperatura ocorrida em São Francisco de Paula, na Serra.

Em Bagé, na região da Campanha fez -0,3°C durante o amanhecer, com registro de geada nos pampas. Pelotas, no Sul do Estado, também amanheceu gélida, com 0°C, e branquinha devido a geada. As informações são do meteorologista Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul Meteorologia.

Em Santa Catarina, de acordo com os meteorologistas, na cidade de São Joaquim, na região Serrana, os termômetros marcaram -1 9°C durante o alvorecer desta quarta-feira (1). Em Bom Jardim fez -1,7°C e em Urupema -1,4°C. No estado catarinense já são 31 dias com marcas negativas em diversos municípios da Serra e região oeste. A geada também marcou presença nas cidades serranas e fronteiriças.

Uma massa de ar polar sobre o Uruguai mantém o tempo seco e frio em todo o Rio Grande do Sul nos próximos dias. As temperaturas serão baixas e a sensação será de muito frio. À tarde, o sol predomina, com período de céu claro. A máxima em Porto Alegre não deve ultrapassar os 15°C nesta quarta-feira.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s