Clique e assine por apenas 5,90/mês

Clubes sociais serão reabertos na próxima segunda em São Paulo

Poderão abrir apenas locais ao ar livre, como áreas de caminhada; piscinas, playgrounds, restaurantes e atividades esportivas continuam proibidos

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 jun 2020, 15h30 - Publicado em 27 jun 2020, 13h56

Os clubes sociais e o Centro de Treinamento Paralímpico da cidade de São Paulo irão reabrir a partir de segunda-feira (29). No final da manhã deste sábado (27), a Prefeitura de São Paulo assinou um “protocolo de retomada consciente” com representantes do setor. As informações são do site G1.

Os clubes poderão abrir apenas as áreas comuns e ao ar livre, como espaços para caminhada. A partir de 6 de julho, se a cidade confirmar a passagem para a fase amarela, serão também reabertos os restaurantes. E, apenas quando a capital estiver na fase 4, poderão reabrir as áreas para atividades esportivas.

Os espaços deverão implementar as medidas necessárias de segurança e higiene, que podem incluir o fornecimento de máscaras, distanciamento social, modificações físicas no local de trabalho e regras de triagem de usuários. Já o centro paralímpico volta aos treinos dia 1º de julho.

Na assinatura do protocolo, o prefeito Bruno Covas ressaltou que os clubes não estavam proibidos de abrir, mas fecharam por preocupação com a pandemia. “Não é atividade comercial, não é serviço que é prestado, mas mesmo assim preferiram vir discutir com a prefeitura de que forma fazer isso”, destacou Covas. “Eu não tenho a menor dúvida de que parte do segredo da estratégia de reabertura aqui na cidade de São Paulo ter dado certo foi ter chamado os setores para dialogar.”

Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Também presente na cerimônia, o presidente da Câmara, Eduardo Tuma, disse que o “resgate” desse setor está sendo feita “de forma responsável, equilibrada e até mesmo corajosa”.

Centro de Treinamento Paralímpico

Também foi assinado um protocolo de retomada com o Centro Paralímpico e com as empresas de serviços de Tecnologia da Informação. O Centro de Treinamento (CT) localizado na Rodovia dos Imigrantes volta a receber atletas na próxima quarta (1º).

Poderão treinar apenas os atletas medalhistas em jogos Paralímpicos e campeonatos mundiais, e que morem em São Paulo.

O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, explicou quais esportes serão retomados neste momento. “Definimos por tênis de mesa, atletismo e natação em condições extremamente controladas, apenas um grupo pequeno de atletas, já que os treinos serão individualizados”.

Continua após a publicidade
Publicidade