Claudia Leitte diz ter democratizado cultura com verba da Lei Rouanet

Ela teria ido a cidades pobres com a verba federal, segundo advogados

Novo capítulo do problema que envolve Claudia Leitte e Ministério da Cultura. Os advogados da cantora argumentaram que sem o aporte de 1,2 milhão de reais via Lei Rouanet, ela não conseguiria levar sua turnê para cidades pobres, segundo informou o jornal Folha de S. Paulo. Dentre os locais citados, estão Picos (PI), Ponta Porã (MT) e Cuiabá (MT). O objetivo da cantora ao receber o dinheiro seria democratizar a cultura e não se apresentar apenas em grandes cidades. Cuiabá, como se sabe, não é nenhuma cidade pobre nem desprovida de shows de artistas nacionais.

+ Gun N’Roses empolga públio em shoe nostálgico

Claudia afirma que boa parte dos ingressos foram distribuídos ou custaram menos de 35 reais. Caso não tenha as contas aprovadas, ela ficará três anos sem poder pleitear novos recursos do Ministério da Cultura. No documento enviado à entidade, seus advogados dizem tratar-se de uma injustiça porque “não houve dano ao erário”. A pasta tem 60 dias para decidir o caso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s