Clique e assine por apenas 5,90/mês

Cine Minhocão leva sessão de curtas para o centro da cidade

Iniciativa do diretor de animações Antônio Linhares ocorre todo mês, sempre num sábado

Por Miguel Barbieri - Atualizado em 13 mar 2020, 11h51 - Publicado em 13 mar 2020, 06h00

Em sessões mensais, o Cine Minhocão partiu de uma iniciativa do diretor de animações Antônio Linhares, que trabalha numa produtora de desenhos para a TV. Desde outubro do ano passado ele carrega sua bicicleta cargueira com projetor digital e caixa de som próprios. a esposa e amigos o ajudam na empreitada. Posiciona-se, então, numa das vias do elevado Presidente João Goulart, popularmente conhecido como Minhocão, na região próxima ao Largo do Arouche e à Santa Casa.

Aprojeção é feita na empena (a lateral) de um dos edifícios, sempre num sábado, às 20 horas. “o objetivo é levar para a rua a experiência de assistir a uma sessão de curtas, que ainda é muito restrita a festivais e faculdades. O formato é convidativo para quem está de passagem”, diz. até agora, Linhares apresentou clássicos de Charlie Chaplin e Buster Keaton, que são de domínio público, e desenhos como os da icônica personagem Betty Boop. A exibição dura uma hora, ou seja, “o tempo que uma bateria aguenta”. Como há muitas crianças entre os espectadores, o diretor busca uma linha de cinema com classificação etária livre. Já pediram filmes de terror, e ele pensa em, futuramente, escolher títulos do gênero que sejam menos pesados. Seu maior recorde de público foi de cerca de 100 pessoas. Sonha alto, porém, em poder exibir curtas com a presença de diretores para haver debate após a sessão. o próximo Cine Minhocão está previsto para ocorrer neste sábado (14), mas convém confirmar antes pelo Instagram @cineminhocao.

Publicidade