Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Chuva em São Paulo deixa um morto e causa estragos

Um homem atingido por fiação elétrica após queda de uma árvore não resistiu aos ferimentos 

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 27 dez 2016, 15h10 - Publicado em 21 out 2016, 09h17

As chuvas que atingiram a capital paulista na tarde desta quinta-feira (20) causaram alagamentos, queda de árvores e a consequente morte de um homem, atingido pela fiação elétrica na Zona Oeste de São Paulo. 

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) confirmou que, até as 7 horas desta sexta-feira (21), cerca de 40 semáforos não funcionavam na cidade, principalmente nos bairros de Pinheiros, Perdizes, Lapa e Butantã, na zona oeste, e Freguesia do Ó, na zona norte. 

Parte do teto do estacionamento de um shopping desabou e houve registro de granizo e pessoas ilhadas em pontos da cidade.A região de Perus, na Zona Norte de São Paulo, entrou em estado de alerta às 18h25 desta quinta (20) pelo extravasamento do córrego homônimo. Parte da capital paulista já estava em estado de atenção para alagamentos desde o meio da tarde. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a chuva atingiu mais fortemente as Zonas Oeste e Norte da cidade.

+ Bares na Vila Madalena funcionam à luz de velas

Um homem atingido por fiação elétrica após queda de uma árvore não resistiu aos ferimentos e morreu. O incidente ocorreu na Lapa, Zona Oeste de São Paulo, por volta das 17h. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros e levado ao Hospital Sorocabana – mas morreu em seguida.

Na Lapa, por volta das 17h30, quatro viaturas dos bombeiros fizeram o resgate de uma vítima de afogamento por conta das chuvas, na região da Praça Miguel Dell’erb. Após atendimento de emergência, a vítima foi encaminhada ao pronto-socorro da Lapa com quadro de hipotermia. O estado não foi informado até as 19h40 desta quinta.

+ Multa por farol apagado é retomada; em SP, fiscalização volta na 2ª

Por conta da chuva, um pedaço do gesso do teto do estacionamento do Shopping Eldorado, na Zona Oeste da cidade, desabou. Em nota, a assessoria de imprensa do centro de compras informou que o incidente não trouxe riscos nem para clientes, nem para lojistas e funcionários e toda a operação do estabelecimento foi mantida em sua normalidade.

Continua após a publicidade

Ocorrências

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, uma família ficou ilhada em casa no Parque São Domingos, bairro da Zona Norte de São Paulo. Às 17h33, cinco viaturas foram enviadas ao local, para resgatar as pessoas do alagamento.

+ Corpo de jogador da Portuguesa é encontrado em piscina de clube

Na Brasilândia, também na Zona Norte, os bombeiros relatam uma queda de árvore sobre moto.O acidente deixou duas vítimas, um homem e uma mulher. Ambos com fraturas, foram encaminhados ao pronto-socorro de Cachoeirinha. O estado deles não foi informado até as 19h40 desta quinta-feira.

De acordo com balanço parcial divulgado pelo Corpo de Bombeiros às 18h35 desta quinta, foram registrados 154 chamados referentes a queda de árvores na cidade. Os casos ocorreram nas zonas Norte, Sul e Oeste de São Paulo.

+ Gangue de “palhaços” faz família refém e assalta sítio em Lins

Em Pinheiros, na Zona Oeste, houve pontos com queda de luz e um estabelecimento comercial localizado no Largo da Batata teve o toldo derrubado pelo temporal. O CGE registrava, por volta das 19h30, dois pontos de alagamentos na cidade – um intransitável, na Avenida dos Tajuras sentido centro, no Butantã, e outro transitável na Rua Guaicurus, na Lapa.

Houve registro de queda de granizo na Ponte Morumbi, na Zona Sul e no Itaim Bibi, na Zona Oeste. A cidade chegou à temperatura média de 32,1ºC na tarde desta quinta-feira. Às 19h, segundo o CGE, a situação havia se acalmado em toda a cidade. Há previsão, entretanto, de nova chuva forte na madrugada de sexta (21).

Continua após a publicidade
Publicidade