Clique e assine por apenas 5,90/mês

China afirma que detectou coronavírus em frango importado do Brasil

Camarões procedentes do Equador também estavam contaminados

Por Redação VEJA São Paulo - 13 ago 2020, 09h42

A cidade chinesa de Shenzhen anunciou que detectou o coronavírus em frango importado do Brasil e em camarões procedentes do Equador.

“O vírus Sars-CoV-2, responsável pela doença Covid-19, foi encontrado recentemente em uma amostra coletada da superfície de um lote de asas de frango congeladas importadas”, informou um comunicado divulgado pela Sede de Prevenção e Controle de Epidemias de Shenzhen.

O nome do produtor e detalhes da carga não foram divulgados. O Ministério da Agricultura ainda não se manifestou sobre o caso.

Pessoas que tiveram contato com o frango contaminado, bem como parentes próximos, foram submetidos a exames e todos os testes deram negativo, disse comunicado chinês.

Continua após a publicidade
Publicidade