Clique e assine por apenas 6,90/mês

Casais gays se reúnem para realizar ‘beijaço’ depois de ataques

Dono da hamburgueria Blend Burguer Bar fez ataques homofóbicos nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 12 Feb 2017, 11h32 - Publicado em 12 Feb 2017, 10h52

Durante a noite do último sábado (11), dezenas de pessoas da comunidade LGBTT em Santos, no litoral de São Paulo, se reuniram para protestar contra o dono da hamburgueria Blend Burguer Bar, que atacou clientes homossexuais nas redes sociais após eles reclamarem sobre a qualidade do lanche na mesma plataforma.

Conforme combinado em um evento no Facebook, o grupo se reuniu na porta do estabelecimento para promover um ‘beijaço LGBT’. O casal que foi vitima dos ataques não compareceu devido a sua viagem de lua de mel em um cruzeiro.

Entenda a polêmica

Após realizar uma crítica sobre a hamburgueria nas redes sociais, o casal Kadu Rodrigues e  Christiann Augusto Fonseca foi atacado por um dos donos do estabelecimento, Rafael Ranciaro. Ele realizou um post no Facebook com xingamentos e ataques homofóbicos. “É um desabafo por acordar e ver um bando de viado p… no c…, metido a ‘Master Chef’, que quer aparecer (quem for viado ou defensor dessa raça pode me excluir, por favor). O problema não é ser viado. É ser afetado. Bicha afetada é osso. Será que Santos não consegue melhorar seu nível?”, disse.

Continua após a publicidade

post

Em resposta ao post a comunidade LGBTT montou um evento no Facebook para marcar um protesto em frente ao estabelecimento. Segundo o portal G1, os manifestantes chegaram a conversar com representantes do Governo do Estado e reivindicaram, diante dos donos da hamburgueria, que eles ajudassem uma instituição criada recentemente que acolhe pessoas que foram expulsas de casa ou que sofreram agressões por serem homossexuais, a Casa 1.

O casal que sofreu ataques de um dos donos da hamburgueria
O casal que sofreu ataques de um dos donos da hamburgueria

Em nota, o Blend Burguer Bar reafirmou sua posição que a declaração equivocada do sócio não representa e nunca representou a filosofia da casa.

“Pedimos desculpas em nome do Blend Burger Bar a todos que foram ofendidos pela publicação de um de nossos sócios em seu perfil pessoal. Reiteramos que essa postura não faz e nunca fez parte da filosofia de nossa casa, que recebe e atende os mais variados clientes, sem distinção. Contamos com LGBTs em nossa equipe, sem nunca julgar ninguém por orientação sexual ou qualquer outra característica fora do âmbito profissional.”, postou a casa.

Continua após a publicidade

 

 

 

Publicidade