Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Cartunista Ota é encontrado morto em apartamento

Artista, responsável pela versão brasileira da revista Mad, tinha 67 anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 set 2021, 16h50 - Publicado em 24 set 2021, 16h48

Otacílio Costa d’Assunção Barros, o Ota, foi encontrado morto em seu apartamento no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (24). A morte do cartunista foi confirmada por amigos e informada pelo jornal O Globo. O cartunista não respondia mensagens há cinco dias e os bombeiros foram acionados pelos vizinhos. A corporação foi até o local e encontrou o corpo do artista.

Ota era formado em jornalismo e editou a versão brasileira da revista Mad nas décadas de 1970 e 1980, além de ter atuado em outras publicações. Ele tinha 67 anos.

Publicidade