Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Foto de campanha da Close Up some após comentários homofóbicos

Imagens de dois homens se beijando foi alvo de comentários preconceituosos. Empresa diz que post não foi apagado

Por Tiago Faria e Alexandre Nobeschi Atualizado em 28 dez 2016, 10h41 - Publicado em 17 set 2015, 13h25

Uma foto da campanha “Um Beijo Muda Tudo”, da Close Up, “sumiu” das redes sociais após uma série de comentários homofóbicos. A foto, que circulou pelas redes sociais na manhã desta quinta (17), mostrava dois homens se beijando.

Alguns usuários chegaram a afirmar que deixariam de comprar o creme dental. Outros perguntavam como denunciar a imagem.

+ Mulher tira roupa após ser barrada em agência bancária

Após a repercussão, no entanto, o post não pôde ser visualizado no perfil da marca no Instagram, rede social que permite o compartilhamento de imagens. O “sumiço” da publicação levou à nova polêmica na internet, com usuários criticando a conduta da Close Up.

Procurada por VEJA SÃO PAULO, a Unilever, fabricante do produto, lamentou os comentários homofóbicos e afirmou que não retirou o post do ar.

Continua após a publicidade
Close Up

Close Up

Segundo a assessoria da empresa, o post integra uma campanha iniciada em abril deste ano e estava programado para entrar na manhã desta quinta-feira.

“Como era uma mensagem patrocinada [que, em geral tem maior alcance por se tratar de conteúdo pago], ela circulou antes de estar no perfil da Close Up”, afirmou a assessoria.

+ Confira as últimas notícias

A empresa disse ainda que estranhou o fato ter sido acusada de apagar o post, uma vez que outra imagem da campanha, publicada em junho, mostra o beijo entre duas mulheres.

A foto com os dois homens se beijando foi publicada a cerca de uma hora no Instagram. 

Continua após a publicidade
Publicidade