Clique e assine por apenas 6,90/mês

Fotógrafo agredido por Caio Castro pede 100 000 reais

André Ligeiro, que levou uma cabeçada do ator em dezembro, entrou com uma ação na quinta (23) pedindo indenização por danos morais

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 24 Mar 2017, 17h18 - Publicado em 24 Mar 2017, 16h20

Na quinta (23), chegou à juíza Adriana Borges de Carvalho, do Fórum Regional de Santo Amaro, uma ação de danos morais contra o ator Caio Castro. O fotógrafo André Ligeiro pede uma indenização de 100 000 reais por causa da agressão que sofreu do global em dezembro, em Trancoso, na Bahia.

“Tentamos um acordo extrajudicial em fevereiro, mas como não houve resultado, entramos com um processo”, afirma Henrique Ventureli, advogado de Ligeiro.

A notificação da ação seguiu para o endereço da Rede Globo, em São Paulo, no Morumbi. Castro grava a novela Novo Mundo, trama das seis que estreou nesta semana, e ainda não sabe do processo. Procurada, sua assessoria de imprensa afirmou em nota que desconhece a informação e o ator não recebeu nenhuma notificação até o momento.

Na noite de 30 de dezembro de 2016, o Ligeiro levou três pontos na testa porque levou uma cabeçada de Castro. O ator não queria ser clicado no evento por conta de marcas patrocinadoras concorrentes. O profissional foi agredido depois de desobedecer o pedido.

Continua após a publicidade

No dia seguinte ao episódio, o ator escreveu mensagens em sua rede social e também divulgou uma nota à imprensa, pedindo desculpas.

Publicidade