Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bruno Covas sanciona lei que proíbe cigarros em parques de SP

Quem for flagrado fumando dentro desses equipamentos estará sujeito a multa de 500 reais

Por Ricardo Chapola - Atualizado em 30 ago 2019, 09h50 - Publicado em 30 ago 2019, 09h46

O prefeito Bruno Covas (PSDB) disse nesta sexta-feira (30) que vai sancionar uma lei que proíbe as pessoas de fumar dentro de parques públicos da cidade. São Paulo conta com 107 parques administrados pela prefeitura.

A proposta foi feita em 2017, pelo vereador Ricardo Teixeira (PROS). Pelo projeto de lei, aprovado em plenário no dia 8 de agosto, quem for visto fumando dentro de um parque administrado pela prefeitura estará sujeito a multa de 500 reais a cada flagrante. O texto também veda o consumo de cigarrilhas, charutos, cachimbos, ou narguilés nas dependências desses equipamentos públicos.

O projeto estabelece ainda que a Secretaria do Verde e Meio Ambiente crie áreas especiais dentro dos parques para atender aos fumantes, longe de onde fiquei as crianças, de áreas esportivas e de locais com muita circulação de visitantes.

Em São Paulo, o cigarro já é proibido em lugares totalmente ou parcialmente fechados há 10 anos. Isso passou a valer por conta da Lei AntiFumo, que completou uma década de existência em maio.

Continua após a publicidade
Publicidade