Continua após publicidade

Bloco na Barra Funda termina com bomba de gás e spray de pimenta da GCM

Conflito teria começado por volta das 17h, durante a dispersão do bloco Prato do Dia

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 fev 2024, 19h42 - Publicado em 12 fev 2024, 19h40

O bloco Prato do Dia, que desfilou no entorno da Praça Olavo Bilac, na Barra Funda, teve um final tenso na tarde de domingo (11). A festa terminou com o uso de bomba de gás, bala de borracha e spray de pimenta pela GCM (Guarda Civil Metropolitana) para dispersar os foliões.

Internautas que presenciaram a cena narraram o ocorrido nas redes sociais. Segundo os relatos, o conflito começou por volta das 17h, quando o som já tinha sido desligado, mas ainda havia pessoas e ambulantes no local.

Os agentes teriam se posicionado em formação de confronto e começado a bater os cassetetes nos escudos. Em resposta, garrafas de vidro foram lançadas em direção aos guardas, que começaram a atirar as balas de borracha.

O jornalista e analista de redes sociais Alnilam Orga publicou um vídeo no Instagram do momento.

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Alnilam Orga (@alnilamorga)

Em nota, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU) disse que a GCM realizava a proteção de agentes da subprefeitura na fiscalização do comércio ambulante irregular. “No momento em que eram realizadas apreensões, diversas pessoas partiram em direção aos agentes. Houve a necessidade do emprego de equipamentos de menor potencial ofensivo”, diz o texto.

Continua após a publicidade

Segundo a pasta, um agente ficou ferido no braço e foi socorrido ao Pronto-Socorro da Santa Casa, onde foi medicado. Ninguém foi detido.

“A SMSU ressalta que a GCM não compactua com irregularidades e que apura rigorosamente todas as denúncias e, caso constatadas ações irregulares, serão aplicadas as sanções previstas, junto a Corregedoria Geral da GCM”, completa a nota.

A Vejinha entrou em contato com a Secretaria de Comunicação e aguarda posicionamento da gestão municipal.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.