Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bia Doria, primeira-dama de SP, testa positivo para a Covid-19

Governador também teve diagnóstico confirmado para a doença. Informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (12)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 12 ago 2020, 19h59 - Publicado em 12 ago 2020, 19h51

A primeira-dama de São Paulo, Bia Doria, foi diagnostica com coronavírus nesta quarta-feira (12). A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do governo estadual. O governador João Doria também teve diagnóstico positivo e divulgou por meio das redes sociais no início desta tarde que estava isolado e assintomático.

De acordo com a administração, após a confirmação por meio de exame, Bia iniciou o isolamento dentro de sua casa e segue trabalhando remotamente. Ela deve permanecer em observação pelos próximos dias. A primeira-dama está assintomática e é acompanhada pelo médico infectologista David Uip.

João Doria afirmou por meio de suas redes sociais que seguiria mantendo relação com todos os setores do governo por meio de videoconferências. Ele não participou da coletiva de imprensa sobre a situação da pandemia no estado desta quarta.

Publicidade