Clique e assine por apenas 6,90/mês

Explosão e tiros de fuzil causam pânico no interior de SP

Durante a ação em Nuporanga, os criminosos dispararam tiros de fuzil contra um transformador de energia, deixando parte da cidade às escuras

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 29 jun 2017, 16h47 - Publicado em 29 jun 2017, 16h45

Uma quadrilha explodiu o cofre e caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil na madrugada desta quinta-feira (29) em Nuporanga, a cerca de 400 quilômetros de São Paulo. Durante a ação, os criminosos deram tiros de fuzil contra um transformador de energia, deixando parte da cidade, de 8 500 habitantes, às escuras.

De acordo com a Polícia Militar, policiais se dirigiram ao local em viaturas, mas foram recebidos a tiros. O intenso tiroteio assustou os moradores, mas ninguém ficou ferido.

Segundo testemunhas, ao menos seis homens participaram do assalto ao banco, que ocorreu no centro do município.

Enquanto os cofres eram explodidos, parte da quadrilha ficou à frente do prédio disparando para evitar a aproximação da polícia. Os criminosos fugiram em três veículos e até o fim da manhã não tinham sido presos.

Continua após a publicidade

Além do transformador, câmeras de monitoramento foram atingidas por disparos. Segundo a PM, foram ouvidas três explosões no interior da agência. O prédio ficou parcialmente destruído e permanece interditado, sem previsão de reabertura.

A concessionária de energia, a CPFL Piratininga, informou que o transformador avariado está sendo substituído para normalizar o fornecimento.

Publicidade