Clique e assine por apenas 6,90/mês

Motorista que atropelou skatistas diz ter acelerado após ataque

O homem de 55 anos estava acompanhado da mãe quando jogou o carro contra um grupo que descia a Rua Augusta de skate

Por Adriana Farias - Atualizado em 26 Jun 2017, 19h50 - Publicado em 26 Jun 2017, 16h28

Responsável por atropelar um grupo de pessoas que participava de uma comemoração pelo Dia do Skate na manhã de domingo (25), na Rua Augusta, o servidor público da prefeitura de Itapevi José Ariovaldo Ferreira, de 55 anos, se apresentou nesta tarde, 26, no 4º Distrito Policial da Consolação.

Durante o depoimento, ele afirmou que esbarrou acidentalmente em um skatista, o que fez com que outros participantes do evento se revoltassem e quebrassem o vidro traseiro de seu carro, ferindo sua mãe de 80 anos com os estilhaços. Com medo, ele acelerou o veículo contra a multidão que vinha no sentido oposto. Três pessoas ficaram feridas, mas já foram liberadas e passam bem.

O condutor ainda contou que só entrou na via porque não viu sinalização no local. Relatou não haver cavaletes interrompendo o tráfego. A Companhia de Engenharia de Trafego (CET), entretanto, afirma que a interdição foi iniciada às 9h20, dez minutos antes do ocorrido.

José Ariovaldo Ferreira foi liberado após o depoimento e vai responder em liberdade pelo crime de lesão corporal dolosa.

Continua após a publicidade
Adriana Farias/Veja SP

Entenda o caso

Em comemoração ao Dia Mundial do Skate, centenas de praticantes do esporte desciam a Rua Augusta, no último domingo (25), em direção ao Vale do Anhangabaú quando foram surpreendidos por um EcoSport preto subindo a rua em zigue zague.

Veja imagens do ocorrido:

Publicidade