Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Atriz Maria Alice Vergueiro morre aos 85 anos em São Paulo

Considerada uma das damas do teatro brasileiro, ela estava internada no Hospital das Clínicas, em São Paulo

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 3 jun 2020, 18h16 - Publicado em 3 jun 2020, 12h35

Morreu nesta quarta (3) a atriz Maria Alice Vergueiro, aos 85 anos. A atriz estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas, em São Paulo, em estado grave desde a última sexta para tratar de uma pneumonia broncoaspirativa. A informação foi confirmada por amigos da atriz.

Maria Alice nasceu em São Paulo em janeiro de 1935 e estreou no teatro em 1962 em A Mandrágora, de Augusto Boal. Nos mais de 50 anos de carreira, integrou grandes grupos de teatro brasileiro, como o Teatro de Arena, o Teatro Oficina e o Teatro do Ornitorrinco, de que foi uma das fundadoras ao lado de Cacá Rosset e Luiz Roberto Galízia.

A atriz também viralizou nas redes sociais pelo seu papel no curta-metragem de ficção Tapa na Pantera (2006), dirigido por Esmir Filho.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

“É triste porque é muita gente importante na história do teatro indo embora ao mesmo tempo. Maria Alice era uma luz muito forte para nós artistas que não somos mainstream, que não seguimos carreira na televisão, e, sim, por uma área de pesquisa teatral. Ela mostrava para nós que era possível seguir essa trajetória de maneira digna”, destaca Ivam Cabral, dramaturgo e integrante do grupo Satyros, em nota publicada pelo Extra.

Maria Alice, que fez apenas uma novela, Sassaricando (1987), em 2015, lutava contra o mal de Parkinson desde 2003. “Minha fala já foi afetada, e nem sempre encontro aquela palavra na ponta da língua, mas trouxe o problema de saúde para meus personagens e não deixo de atuar”, afirmou em entrevista à Veja São Paulo concedida em 2017.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade