Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Apoiadores de Bolsonaro protestam na Avenida Paulista

Diversos manifestantes não usam máscaras; presidente deve comparecer ao ato

Por Pedro Carvalho Atualizado em 7 set 2021, 16h21 - Publicado em 7 set 2021, 12h19

Manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ocupam nesta terça-feira (7) parte da Avenida Paulista. No feriado da Independência do Brasil, diversos atos se espalham pelo país: na capital paulista, cerca de 4 000 policiais e 1 400 viaturas acompanham os protestos.

No Vale do Anhangabaú, um ato contrário ao presidente reúne a oposição durante esta tarde. A Polícia Militar realiza a revista dos participantes nos dois movimentos nesta terça. Na Paulista, imagens aéreas mostram os quarteirões próximos do Masp tomados por apoiadores de Bolsonaro. A PM bloqueia 20 pontos de acesso à Paulista, fechando a avenida para veículos.

Imagem mostra multidão e cartaz que diz: presidente faça intervenção federal
Protesto na Avenida Paulista favorável ao presidente Jair Bolsonaro Pedro Carvalho/Veja SP

Entre as pautas, impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal, pedidos de intervenção militar e críticas ao Congresso Nacional. De carros de som, os participantes ameaçavam o ministro Alexandre de Moraes. O presidente, que já chegou a São Paulo, é esperado no ato durante à tarde. Diversos manifestantes não fazem o uso de máscara, medida obrigatória no estado de São Paulo contra a Covid-19 até o dia 31 de dezembro.

Ruas que levam até a Paulista, como a Manoel de Nóbrega, contam com grandes filas de ônibus que vieram de outras cidades ou de outros estados, como Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.

Imagem mostra três senhoras, uma dela segura um cartaz que diz: militar intervention with bolsonaro in power
Manifestantes na Avenida Paulista em 7 de setembro Pedro Carvalho/Veja SP

  • Continua após a publicidade
    Publicidade