Clique e assine por apenas 6,90/mês

“Eles foram lá para o pai da Isabela ver que o Rafael não era um qualquer”

No velório da família, prima do ator Rafael Miguel contou sobre o encontro que levou ao assassinato de três pessoas

Por Matheus Prado - Atualizado em 11 Jun 2019, 09h24 - Publicado em 10 Jun 2019, 16h23

Na tarde desta segunda (10), ocorreu o velório do ator Rafael Miguel, 22, conhecido por seu trabalho na novela Chiquititas, e de seus pais, João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50, no Cemitério do Campo Grande, na capital.

Os três foram assassinados a tiros neste domingo (9) no bairro de Pedreira. O principal suspeito é o pai da namorada de Rafael, Isabela Tibcherani, que, segundo relatos, não aceitava o relacionamento do casal e matou os três em uma visita a sua casa, supostamente para falar sobre o relação entre os jovens.

Prima do intérprete, Maria do Carmo Viana falou sobre o ocorrido. “Eles foram lá para que pai da Isabela visse que o Rafael não era um qualquer, que eram pessoas boas“, disse. “A família demonstrava preocupação com o comportamento agressivo do pai, muito possessivo. Ele, por vezes, não deixava a menina ir à escola. Os dois [Isabela e Rafael] tinham que se encontrar escondidos, mas raramente conseguiam. A conversa de domingo tinha sido acordada previamente.”

Havia rumores de que Isabela estivesse grávida, o que foi desmentido. A menina entrou pelos fundos no velório, que acabou restrito a familiares e amigos, após confusão na porta. “Ele salvou a minha vida, os pais dele criaram um príncipe”, disse a menina na saída do cemitério. Na tarde desta segunda (10), Vanessa Tibcherani, 39, mãe de Isabela, deu depoimento no 98º DP.

Continua após a publicidade

Além de Rafael, João e Miriam eram pais também de Camilla, 26, e Isabelly, 13.

Publicidade