Ato protesta contra PEC que criminaliza aborto em caso de estupro

Chamado de 'Todos contra 18', o ato começou por volta das 18 horas na Avenida Paulista, próximo ao vão do Masp

Manifestantes protestam nesta segunda (13) contra a aprovação da PEC 181, que criminaliza aborto em casos legais, como estupro e anencefalia. Chamado de ‘Todos contra 18’, o ato começou por volta das 18 horas na Avenida Paulista, próximo ao vão do Masp. O sentido Paraíso da via segue interditado.

Os manifestantes agora seguem em sentido à Rua da Consolação e deve dispersar o ato na Praça Roossevelt. A PM ainda não informou a estimativa de participantes. Protestos simultâneos acontecem no Rio de Janeiro e Brasília.

O assunto veio à tona durante uma discussão de ampliação da licença-maternidade para os casos de mães e bebês prematuros. A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou por 18 votos a 1 o texto final do deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), que inclui o controverso conceito de proteção à vida desde a concepção.

A mudança fez a proposta enfrentar resistência quando chegou à fase de discussão na comissão especial, última etapa prevista de análise de mudanças antes da votação em plenário. O presidente Rodrigo Maia (DEM) já sinalizou que a proposta não deve avançar na Câmara.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s