Clique e assine por apenas 6,90/mês

Após tentativa de assalto, Pirelli cancela testes em Interlagos

A fornecedora de pneus da Fórmula 1 sofreu tentativa de roubo na noite deste domingo, horas depois da disputa do GP do Brasil

Por Estadão Conteúdo - 13 Nov 2017, 15h12

Após nova tentativa de assalto nas proximidades do Autódromo de Interlagos, a Pirelli cancelou nesta segunda-feira (13) os testes que iria fazer no circuito paulistano com a McLaren na terça e quarta. A fornecedora de pneus da Fórmula 1 sofreu tentativa de roubo na noite deste domingo, horas depois da disputa do GP do Brasil.

Os testes da Pirelli, que seriam os últimos do ano, serviriam para ajudar a fornecedora a elaborar os compostos do próximo ano. Para tanto, teria a ajuda dos carros e pilotos da McLaren para dois dias de trabalho fechado na pista de Interlagos.

A Pirelli, contudo, mudou de planos após tentativa de assalto na noite de domingo. “A decisão, compartilhada com a McLaren, a Fórmula 1 e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA), foi tomada por interesse da segurança de todas as pessoas envolvidas no teste, tanto da McLaren quanto do nosso time”, disse a empresa italiana, em comunicado.

O ataque sofrido pela Pirelli aconteceu na noite deste domingo. Uma van da empresa foi abordada por assaltantes. Mas, segundo a Pirelli, a ação foi impedida pelos seus próprios seguranças.

Continua após a publicidade

“Depois de uma tentativa de assalto, neutralizada pela segurança da Pirelli, contra uma van na saída do Autódromo de Interlagos na noite de domingo – depois de um fim de semana onde episódios semelhantes aconteceram com outras equipes – foi decidido cancelar o teste de pneus planejado para terça e quarta”, anunciou a empresa.

O episódio envolvendo a Pirelli foi a quarta tentativa de assalto relacionada ao GP do Brasil, além do roubo concretizado contra a Mercedes. Na noite de sexta, uma van da equipe alemã foi parado por um carro logo após deixar o circuito. Foram roubados computadores, celulares, relógios e até passaportes. Não houve feridos.

Na mesma noite, assaltantes abordaram, sem sucesso, uma van da Williams e um veículo da FIA, que escaparam dos criminosos. No sábado, em circunstâncias semelhantes, uma van da Sauber foi atingida por um carro em outra tentativa de assalto, mesmo após o reforço policial no entorno. No domingo, o mesmo aconteceu com a Pirelli.

Publicidade