Clique e assine por apenas 6,90/mês

Atirador de Suzano teria postado trinta fotos antes de invadir escola

Perfil atribuído a Guilherme Monteiro publicou imagens com possível arma do crime

Por Sérgio Quintella, Ricardo Chapola - Atualizado em 13 mar 2019, 15h11 - Publicado em 13 mar 2019, 13h07

Um dos dois atiradores da Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, teria publicado trinta fotos em uma conta no Facebook na manhã desta quarta (13), pouco antes do crime. O ataque deixou oito vítimas, entre funcionários e crianças, além dos dois criminosos, que se suicidaram após o massacre.

Nas imagens, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos (que estava junto com Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, na hora do crime), veste roupas similares às usadas na ação, incluindo uma máscara de caveira. Ele também aparece portando uma arma, mostrando o dedo do meio e fazendo um sinal que remete a suicídio.

Na rede social, as postagens ganharam milhares de compartilhamentos e comentários. Não há ainda confirmação oficial da identidade do rapaz, mas os cliques circulam por grupos da polícia.

Não há outras informações pessoais disponíveis, como gostos, amigos ou curtidas. A exceção é uma foto da banda americana Slipknot, publicada em 30 de janeiro de 2017. O grupo é conhecido por se apresentar usando máscaras.

Reprodução Facebook/Veja SP
Reprodução Facebook/Veja SP
Reprodução Facebook/Veja SP
Reprodução Facebook/Veja SP
Continua após a publicidade
Publicidade