Clique e assine por apenas 6,90/mês

Anúncio que tapava obra de arte em estação de metrô é retirado

Metrô diz que a cobertura foi feita para proteger a obra para o Carnaval

Por Rafaela Bonilla - Atualizado em 2 mar 2020, 17h38 - Publicado em 2 mar 2020, 17h35

Um grande anúncio da rede social Facebook foi colocado em cima dos famosos retratos da estação Sumaré, na Linha Verde do Metrô, durante o Carnaval. A cobertura gerou polêmica e, com previsão para ser recolhido até o dia 20 de março, foi retirado na última sexta-feira (28), antes do prazo limite.

Os 22 retratos, enfileirados em um grande painel de vidro na plataforma, são obra do artista paulistano Alex Flemming, de 66 anos. No local desde 1998, as fotografias em estilo 3×4 de anônimos são sobrepostas por poemas de autores brasileiros, que vão de Gregório de Matos a Haroldo de Campos, e podem ser vistas de longe por quem passa pela Avenida Sumaré.

O anúncio, que estava pelo menos desde a última terça-feira (25), cobriu quase toda a plataforma, deixando apenas 3 dos 22 retratos descobertos. A propaganda fazia referência aos diversos grupos na rede social que comemoram o Carnaval, com a frase “existe um grupo no Facebook para você. Somos mais juntos”.

Procurado, o Metrô diz que a obra foi coberta para protegê-la durante o período carnavalesco. “Justamente para preservá-la e garantir a segurança dos passageiros, além de melhorar as condições de embarque e desembarque ao evitar o acúmulo de pessoas utilizando o espaço da plataforma para ver os blocos na avenida sob a estação.” O Metrô afirma também que foram tomados todos os cuidados com a obra e espumas foram utilizadas entre os retratos e o anúncio.

Continua após a publicidade

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

 

Publicidade