Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Alec Baldwin é visto “perturbado e em lágrimas” após matar diretora

Halyna Hutchins foi atingida acidentalmente e morreu no set de filmagem do filme "Rust"

Por Redação VEJA São Paulo 22 out 2021, 10h03

Alec Baldwin foi visto chorando do lado de fora da delegacia de Santa Fé, no Novo México, Estados Unidos, depois da tragédia que vitimou a diretora de fotografia Halyna Hutchins. O ator disparou acidentalmente uma arma cenográfica.

De acordo com um jornal local, Baldwin estava “perturbado e em lágrimas” enquanto falava ao telefone. O diretor Joel Souza, 48, também foi atingido, mas passa bem. O acidente aconteceu no set de filmagem do filme “Rust”.

O longa-metragem que se passa no Kansas em 1880 conta a história do personagem que dá nome ao filme, cujo intérprete é Alec Baldwin. O homem é um avô fora da lei de um menino de 13 anos condenado por um assassinato acidental.

Continua após a publicidade

Publicidade