Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Aeroporto de Guarulhos registra aglomerações no fim de ano

Vídeos de passageiros mostram filas em guichês e ausência de distanciamento social

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 23 dez 2020, 18h51 - Publicado em 23 dez 2020, 18h47

Imagens que circulam nas redes sociais mostram que o Aeroporto Internacional de Guarulhos teve grandes filas na última segunda (21) e terça-feira (22).

Vídeos mostram aglomerações no terminal de embarques domésticos e também próximo dos portões que dão acesso aos aviões. Dezembro costuma ser o mês mais movimentado de Guarulhos: em 2019, 4,07 milhões de pessoas passaram pelo aeroporto.

2020, por conta da pandemia da Covid-19, teve um desempenho até o momento menor do que o de anos anteriores. Em novembro deste ano foram 1,9 milhões de embarques e desembarques, contra os 3,6 milhões do mesmo mês em 2019. Os números para dezembro ainda não foram fechados.

Apesar da provável queda na movimentação, não faltaram fotos e vídeos que mostraram ao longo dessa semana passageiros aglomerados enquanto aguardam o embarque, em desrespeito às medidas de distanciamento social requeridas pela pandemia.

Confira:

 

Procurado, o aeroporto afirmou que segue “todas as recomendações emitidas pela Anvisa”. Afirmou também, em nota, que recomenda o uso frequente de máscaras e distanciamento social e afere a temperatura corporal de todos os passageiros dos Terminais 2 e 3.

Na madrugada de sábado (19) para domingo (20), o aeroporto também teve problemas. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma grande aglomeração em um dos terminais de check-in de Guarulhos. O caso, no entanto, foi causado por uma tempestade que atingiu a região metropolitana da capital paulista, ocasionando problemas nos pousos e decolagens.

Ainda sobre as aglomerações, a GRU Airport disse ainda que instalou uma tecnologia de esterilização automática por meio de luz ultravioleta em corrimãos onde há maior fluxo de passageiros. Veja a nota completa da administradora do endereço, enviada para a Vejinha:

A GRU Airport continua seguindo todas as recomendações emitidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e cooperando com órgãos federais e companhias aéreas no enfrentamento à pandemia da covid-19, bem como na prevenção da transmissão de quaisquer doenças infecto contagiosas entre funcionários e passageiros a partir das medidas a seguir:
 
1.         Recomendação aos passageiros para uso frequente de máscaras faciais no padrão recomendado pelo Ministério da Saúde e manutenção do distanciamento social, em áreas públicas e restritas do Aeroporto;
 
2.         Aferição da temperatura corporal de todos os passageiros nos controles de acesso aos embarques dos Terminais 2 e 3;
 
3.         Instalação de tecnologia de esterilização automática, através de luz ultravioleta em corrimãos de dispositivos onde há maior fluxo de passageiros;
 
4.         Implantação e manutenção de sinalização de solo (adesivos no piso), a fim de orientar o distanciamento entre as pessoas nos locais de inspeção para embarque (raio-X) e imigração;
 
5.         Estímulo para o uso de QR Code desenvolvido pela GRU Airport, específico para acesso ao painel de voos por meio do celular, a fim de evitar que passageiros se aglomerem nas áreas próximas às telas informativas;
 
6.         Adoção de sensores e totens operados por Inteligência Artificial nas proximidades dos banheiros do saguão de embarque dos terminais de passageiros, para mapear a movimentação e a necessidade de atuação nesses locais;
 
7.         Abastecimento constante dos mais de 300 dispensers de álcool gel instalados em pontos com maior movimentação de passageiros;
 
8.         Análise constante dos procedimentos de higienização, em atenção às exigências da vigilância sanitária. Aumento da frequência de limpeza nas áreas comuns do Aeroporto;
 
9.         Reforço no abastecimento de papel higiênico e papel toalha, sabonete, álcool gel e a disponibilização de lixeiras dedicadas ao descarte de materiais infectantes, como máscara e luvas;
 
10.       Monitoramento da qualidade do ar com especial atenção ao nível de material particulado e umidade, sendo realizada uma análise microbiológica do ar interno por laboratório credenciado;
 
11.       Aumento da frequência de higienização do sistema de climatização, da manutenção preventiva e troca dos filtros do ar-condicionado, que, conforme recomendações da Anvisa, está com o sistema em funcionamento 24 horas, sete dias por semana;
 
12.       Veiculação de avisos sonoros e vídeos informativos oficiais nos canais de comunicação localizados em pontos estratégicos do Aeroporto, acessível a todos os passageiros e colaboradores;
 
13.       Divulgação de QR Code com recomendações da Anvisa para combate à covid-19 nos ônibus que circulam entre os terminais do Aeroporto, bem como nos ônibus fretados para transporte de funcionários, e por meio de adesivos instalados ao longo do complexo aeroportuário;
 
14.       Reforço de orientação para prevenção, conforme recomendações da Anvisa, nos perfis da GRU Airport nas mídias sociais e disponibilização de FAQ no site da concessionária para esclarecimentos de dúvidas recorrentes sobre o andamento das operações do Aeroporto e procedimentos de apoio aos órgãos oficiais para combate à doença.
 
15.       Envio periódico de comunicados aos colaboradores e comunidade aeroportuária (empresas terceiras prestadoras de serviços no Aeroporto e lojistas) com informações sobre a doença, dicas de educação preventiva e incentivo ao uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), conforme recomendações da Anvisa.

Continua após a publicidade
Publicidade