Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Harry sobre mãe e saída da família real: não quero que história se repita

Em entrevista à Oprah que irá ao ar no domingo, o príncipe e Meghan Markle tocaram em assuntos delicados

Por Redação VEJA São Paulo 1 mar 2021, 19h23

Após a saída oficial da realeza britânica e de perder seus títulos reais, Príncipe Harry e Meghan Markle concederam uma entrevista especial a Oprah Winfrey. A rede estadunidense CBS lançou em seu canal do YouTube, no último domingo (28), dois aperitivos do que o público pode esperar da conversa. O especial de duas horas vai ao ar domingo (7) no canal americano, às 23h no horário de Brasília.

Na conversa com a apresentadora, o casal fala sobre sua saída da família real britânica, outras polêmicas que tiveram na realeza e o que pretendem fazer a seguir. 

A entrevistadora também consegue tratar de temas delicados com cada um deles. Príncipe Harry fala sobre como é manejar sua vida pública após quase 24 anos da morte de sua mãe, Princesa Diana. Em conversa a sós com Oprah, Meghan fala sobre casar com um membro da família real britânica, sua experiência como mãe e sobre a saída da família real. “Você se silenciou ou foi silenciada?”, pergunta a apresentadora, no trailer.

“A minha maior preocupação era ver a história se repetindo”, disse Harry sobre a saída da família britânica. O príncipe e Meghan não gostavam da atenção que recebiam da imprensa britânica e, segundo Harry, essa foi uma das principais razões que motivaram a saída do casal da família real. Ele usa o termo ‘assédio’ para se referir a como a imprensa os tratava.

O temor de Harry é fundado na morte de sua mãe, Princesa Diana, em um acidente de carro, no ano de 1997. A princesa também era bastante assediada pela imprensa e, na época do acidente, ela fugia de papparazzi quando o carro em que estava bateu em alta velocidade em um pilar do Túnel Alma, em Paris.

Apesar dos temas tratados serem delicados, o casal se mostra sem receio de tocar em assuntos delicados. Entretanto, Katie Nicholl, especialista na realeza britânica, disse achar que eles quiseram ser respeitosos com relação à família real, particularmente em relação à Rainha Elizabeth II.

“O casal queria muito que esta fosse uma entrevista em que eles pudessem contar a versão deles. Até agora, só ouvimos versões de sua história por meio de outras pessoas”, disse Katie. “Esta é sua primeira oportunidade de falar sobre o ano passado com suas próprias palavras”, completou.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade