Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Harry e Meghan Markle renunciam a funções de alto escalão da família real

Assim, eles abrem mão dos privilégios reservados para a realeza britânica em busca da independência financeira

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 Feb 2020, 13h34 - Publicado em 8 Jan 2020, 16h52

príncipe Harry e sua mulher, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, revelaram nesta quarta-feira (8) que abandonarão suas funções de alto escalão como membros da família real britânica para passar mais tempo nos Estados Unidos. Assim, eles abrem mão dos privilégios da família real para buscar a independência financeira. O anuncio foi feito em uma publicação emotiva no Instagram.

No comunicado, o casal revela que continuará a “apoiar totalmente Sua Majestade, a Rainha Elizabeth II”. “É através do seu incentivo, particularmente nos últimos anos, que nós nos sentimos preparados para fazer esse ajuste. Agora, pretendemos balancear o nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, continuando a honrar o nosso dever com a Rainha, com a Commonwealth e os nossos apoiadores. Esse balanço geográfico permitirá que o nosso filho cresça apreciando a família real, ao mesmo tempo dando espaço para que a nossa família pense nos próximos capítulos, incluindo o lançamento de uma nova instituição filantrópica”.

“Estamos ansiosos para compartilhar todos os detalhes dos próximos passos, enquanto continuamos a colaborar com Sua Majestade, o Príncipe de Gales, o Duque de Cambridge e todos os envolvidos”, diz o comunicado, falando não apenas de Elizabeth II, mas também do príncipe George e William, pai e irmão de Harry, respectivamente. “Até lá, aceite o nosso muito obrigado por o seu apoio contínuo”. Confira: 

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

“After many months of reflection and internal discussions, we have chosen to make a transition this year in starting to carve out a progressive new role within this institution. We intend to step back as ‘senior’ members of the Royal Family and work to become financially independent, while continuing to fully support Her Majesty The Queen. It is with your encouragement, particularly over the last few years, that we feel prepared to make this adjustment. We now plan to balance our time between the United Kingdom and North America, continuing to honour our duty to The Queen, the Commonwealth, and our patronages. This geographic balance will enable us to raise our son with an appreciation for the royal tradition into which he was born, while also providing our family with the space to focus on the next chapter, including the launch of our new charitable entity. We look forward to sharing the full details of this exciting next step in due course, as we continue to collaborate with Her Majesty The Queen, The Prince of Wales, The Duke of Cambridge and all relevant parties. Until then, please accept our deepest thanks for your continued support.” – The Duke and Duchess of Sussex For more information, please visit sussexroyal.com (link in bio) Image © PA

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on

Dê sua opinião: E você, o que achou do comunicado?

Continua após a publicidade

 

Publicidade