Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

O que levou Faustão e Globo a romperem de forma tão repentina?

Nos bastidores, funcionários especulam que algo grave tenha acontecido na reunião entre o apresentador e os principais executivos da emissora

Por Redação VEJA São Paulo 18 jun 2021, 19h52

Desde o anúncio da saída imediata de Faustão da Globo na última quinta-feira (17), muita gente se pergunta os motivos que levaram o apresentador e a emissora a romper o vínculo de forma tão abrupta. Fausto Silva saiu do hospital na terça-feira (15) após tratar uma infecção urinária e chegou a marcar reunião com sua equipe, mas não mais vai poder se despedir do público do programa.

Nos bastidores da Globo, funcionários especulam que algo grave tenha acontecido na reunião entre Faustão e os principais executivos da emissora na quarta-feira (16). De acordo com Daniel Castro, do Notícias da TV, a alta cúpula teria sugerido a saída do apresentador no final de agosto, ao final da Super Dança dos Famosos, porque estariam descontentes com seu comportamento. Faustão, no entanto, não teria gostado da proposta e teria sugerido a imediata rescisão, que foi aceita e replicada na curta nota emitida pelo canal.

+ Após saída de Faustão, Globo muda nome do ‘Domingão’

Ainda segundo o colunista, Faustão estava descontente com a redução de tempo que o programa sofreu recentemente, além do fato de não ser mais ‘gravado’ ao vivo (para ser exibido em poucos minutos), o que teria rendido censuras ao modo com o qual ele apresenta. Anteriormente, ele decidiu não renovar seu contrato com a Globo quando ficou sabendo que seu programa e ele perderiam espaço na grade a partir de 2022. 

Corre a informação de que a Globo julga que a decisão de Faustão de assinar contrato com a Bandeirantes e anunciar a novidade em abril, oito meses antes do término de seu contrato, tenha sido revanchismo. Também há a avaliação de que Faustão estava comandando o Domingão com falta de entusiasmo ultimamente por conta de todos os acontecimentos.

Aliado ao descontentamento de ambas as partes, há o bom desempenho de Tiago Leifert na substituição do titular dos domingos, que, além de trazer público jovem, é mais barato e “queridinho das marcas”. 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade