Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Quem são as pessoas que aparecem brigando no vídeo do Leblon

Uma arquiteta se irritou com moças que passavam em carro conversível, no Rio de Janeiro, e momento viralizou nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 set 2020, 16h54 - Publicado em 27 set 2020, 16h50

Um vídeo que mostra uma confusão no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro, viralizou no sábado (26) nas redes sociais. A filmagem mostra uma briga entre frequentadores de um bar e mulheres que passavam em um carro conversível.

Copos começam a ser arremessados contra as pessoas que estavam no carro de luxo. Logo em seguida, uma delas desce do veículo e agride outra que estava na cadeira do bar, que aparentemente, teria arremessado os itens. Então um homem que estava no bar vai em direção ao carro e arranca a parte de cima do biquíni da mulher. Relembre:

View this post on Instagram

Gente do céu… que babado! A @amearquitetura se envolveu em uma confusão no Leblon com uma garota marota. No deslize ela explica a sua versão do que aconteceu. "Mulheres de biquíni em um carro conversível dançavam de fio dental até que frequentadores de um bar jogaram um objeto dentro do carro. Uma das mulheres desceu do veículo e agrediu a mulher que supostamente teria jogado o objeto (via @leodias )" Bjuxx Tia Azeda

A post shared by Treta das blogueiras 2 (@tretadasblogueiras2) on

Pelas redes sociais Priscilla Dornelles, uma das que estavam no carro, falou sobre o caso. Ela, a amiga, identificada como Scheila e o dono do carro, Wilton Vacari, estavam passeando após curtirem uma “festa na lancha”. “Resolvemos dar uma volta pra curtir”, disse ela, pelos stories do Instagram.

Então o carro ficou parado no trânsito da Rua Dias Ferreira, no Leblon. Aline Araújo, que se identifica nas redes sociais como arquiteta, estava na mesa do bar e se incomodou com o que ocorria no veículo conversível. “Os três estavam fazendo preliminares, não era só beijo na boca não, era de biquíni, aparecendo tudo que a gente pode imaginar de um filme pornô”, disse ela em um vídeo postado no Instagram, que depois foi apagado.

Foi então que ela arremessou o copo de água no carro. “Fui agredida verbalmente antes do vídeo começar”, disse Scheila. “Já sabia exatamente quem era”. Aline afirmou que “toda a rua estava incomodada, gritando, querendo que aquele carro saísse”.

Continua após a publicidade

Incomodada com o objeto arremessado, Scheila desceu do carro e deu socos em Aline. “Quando eu pulei do carro ela gritou: ‘vem, vem!”. Não tenho sangue de barata, me defendi assim como defenderia a minha amiga ou meu amigo. Eu estava na minha, curtindo”, garante. ​

Aline afirmou ainda que Scheila e Priscilla eram “moças da vida” e que estavam “sendo pagas para fazer aquilo”. “Eu acho que difamação é um crime muito sério”, disse Priscilla pelos stories. “Só pra avisar que vai pegar processo sim, querida. Nós não estávamos fazendo nada demais”.

View this post on Instagram

@leodias @alfinetei @jovempannews @vampetaoficial @recordtvoficial @hugogloss

A post shared by Scheila Gmack (@schegmack) on

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade