Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Poder SP - Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Memorial da América Latina recebe novo curso de português para refugiados

Aulas terão duração de três meses e serão voltadas a pessoas de diferentes nacionalidades

Por Sérgio Quintella Atualizado em 5 fev 2020, 13h44 - Publicado em 3 out 2019, 09h15

O Memorial da América Latina vai receber, de outubro a dezembro deste ano, mais um curso de português voltado a refugiados. Serão trinta vagas. A primeira versão, finalizada no mês passado, resultou na formação de 23 alunos de nacionalidades como Irã, África do Sul, Palestina, Nigéria, Venezuela, Síria, entre outras.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre quatro entidades: Fundação Memorial da América Latina, Uninove, Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e Caritas Arquidiocesana de São Paulo. Essa última é responsável pela seleção dos candidatos.

Os estudantes que possuírem filhos poderão deixar as crianças com uma equipe multidisciplinar, oferecida pela Uninove, que ficará responsável pelas atividades com elas.

  • +PODCAST #SPsonha: O que São Paulo pode aprender com Barcelona

    Continua após a publicidade
    Publicidade