Clique e assine por apenas 6,90/mês
Poder SP Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Covas compara gestão Haddad a filho que faz bagunça em casa

Prefeito de São Paulo afirma que administração do PT deixou a cidade bagunçada

Por Sérgio Quintella - 16 Feb 2020, 13h10

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse neste sábado (15), durante evento do PSDB, que a gestão de Fernando Haddad (PT), entre 2013 e 2016, deixou a cidade bagunçada. Para ilustrar a fala, o tucano comparou a situação herdada ao filho que fica sozinho e faz bagunça na casa.

“O primeiro desafio foi arrumar a casa. Vocês imaginem deixar o filho de sete ou oito anos por quatro horas dentro de casa, sozinho, a bagunça que ele faz. Agora vocês imaginem quatro anos de PT e o que a gente fez para arrumar a prefeitura”.

No mesmo evento, o tucano afirmou que não há previsão para a situação voltar ao normal na metrópole após as fortes chuvas da última segunda-feira (10). “Não, não há previsão. Algumas áreas alagadas dependem exclusivamente do baixamento da carga do rio”.

Sobre as áreas que permanecem alagadas quase uma semana após as chuvas, o prefeito afirmou que são locais que estão abaixo da cota do rio, em áreas que já ficaram presas embaixo d’água por meses no ano passado.

Continua após a publicidade

Após as enchentes, Covas foi cobrado por moradores do Ipiranga e Cambuci, na Zona Sul, que tiveram suas casas alagadas no ano passado, receberam promessa de isenção de IPTU, mas os carnês chegaram com o valor cheio. Após reportagem de Vejinha, Covas baixou um decreto e reforçou a isenção do imposto para vítimas de alagamentos.

Publicidade