Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Alessandra Rodrigues - Nutrição e Bem-Estar Por Blog

Qual a diferença entre os vegetais frescos e congelados?

Aqui no consultório a desculpa é sempre a mesma: não como legumes e verduras pois não tenho tempo para preparar e os congelados não tem nutrientes. Será mesmo? Fui estudar o tema e trazer o que há de real e não mito para vocês! Os vegetais, logo que são colhidos, sofrem alterações em sabor, aroma […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 19h33 - Publicado em 29 dez 2014, 04h00

Vegetais-crus-tl

Aqui no consultório a desculpa é sempre a mesma: não como legumes e verduras pois não tenho tempo para preparar e os congelados não tem nutrientes. Será mesmo? Fui estudar o tema e trazer o que há de real e não mito para vocês!

Os vegetais, logo que são colhidos, sofrem alterações em sabor, aroma e coloração. Por isso, quanto mais fresco o vegetal, maior a conservação de propriedades físicas e nutricionais.

Os vegetais in natura chegam ao consumidor entre 3 a 5 dias – da colheita até a feira ou supermercado – podendo ter prazos muito maiores dependendo da região e do tipo de transporte. O processo de congelamento do vegetal, quando feito diretamente após a colheita, preserva grande parte dos nutrientes do vegetal in natura, pois é feito em algumas horas, desde o campo, até o congelamento. E, para manter a qualidade do vegetal, é necessária uma etapa rigorosa de trabalho no campo.

“O ideal é que o legume saia direto da plantação para o processo de ultracongelamento, com a finalidade de levar até ao consumidor o vegetal mais fresco possível. A facilidade de ter um vegetal congelado propicia a conservação por um ano inteiro, diferentemente de um vegetal in natura”, explica Renata Campos, diretora geral da Bonduelle.

Com essa facilidade o consumidor pode gastar mais tempo com outras atividades e garantir um alimento de boa qualidade, bem selecionado e que precisa de um rápido preparo para ser consumido, deixando de lado a higienização e seleção, além da longa duração.

Dica: Sempre deixe para colocar no carrinho por último os congelados. O processo de descongelamento durante as compras e no trajeto até a residência  e, posteriormente, recongelamento  pode interferir na qualidade dos vegetais. O ideal é transportar em sacolas térmicas ou em até 2 horas. Para preparar siga atentamente as instruções sempre presentes no rotulo, assim sabor e qualidade estarão garantidos!

Continua após a publicidade
Publicidade