Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Vendido só no Brasil, novo vinho é feito por famosas marcas portuguesas

Com produção de apenas 2 mil garrafas, o Nica é um tinto de três uvas diferentes

Por Saulo Yassuda 4 set 2020, 14h22

Os irmãos portugueses José, João e Jorge Roquette — é quase um trava-língua vinífero — acabam de lançar um tinto premium com o título de Nica. Esse era o apelido do pai deles, um jogador de tênis que também se chamava José, nome que deu ao primogênito.

Com a produção de apenas 2 000 garrafas, todas magnum (aquelas de 1,5 litro), o rótulo com safra de 2018 é elaborado em Portugal, mas vendido apenas no Brasil. Quem traz para cá é a importadora Qualimpor, que pertence a um dos irmãos, João Roquette. “Deixamos só trinta ou quarenta garrafas em Portugal para usar no enoturismo”, revela.

A criação da bebida contou com a participação de enólogos de três marcas lusitanas de muito sucesso por aqui: Herdade do Esporão, do Alentejo, Quinta dos Murças, do Douro — ambas de José, o filho —, e a Quinta do Crasto, também do Douro, que pertence a Jorge.

+ Encontre diferentes opções de rótulos em sites como Evino, Vinho Fácil e Wine

Cada uma dessas vinícolas ofereceu o vinho de uma cepa — alicante bouschet, tinta roriz e sousão, respectivamente, que foram misturados e engarrafados na Esporão. A bebida está chegando a lojas da capital, como a Bacco’s (Rua Sergipe, 568, Higienópolis, tel. 3660-8100), onde custará R$ 749,00 a partir de terça (8).

 

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade