Clique e assine por apenas 6,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Porto Luna reabre com clima de badalação; confira crítica e cardápio

Com vista para a Avenida Faria Lima, a decoração que segue o estilo praiano marca a volta do bar

Por Saulo Yassuda - 23 nov 2018, 07h00

Procura um lugar arejado? Achou. Em plena Avenida Faria Lima, foram instalados uma varandona e um salão quase sem divisórias — a impressão é que não há fronteira entre a rua e o bar.

A decoração, com piso de madeira clara e ventiladores de teto, dá o clima praiano. Assim pode ser descrita a nova encarnação do Porto Luna, que funcionou na Rua Tabapuã entre 1997 e 2010 e voltou à ativa em agosto nas mãos dos fundadores Tarcísio e Marcelo Mello, do Tatu Bola, unidos a uma cartela de novos sócios.

O endereço atrai o público com mais de 30 anos, produzido e que não se importa tanto com o valor da conta. Em clima de paquera, essa galera lota o ambiente, animado por DJs de deep house (aos sábados, é cobrada consumação mínima, a partir de R$ 150,00).

Ambiente: projeto do bar com pegada praiana Hus Arquitetos/Divulgação

Muitas vezes em segundo plano nesse tipo de estabelecimento, a coquetelaria mostra-se bem cuidada. Responsável pelo balcão, Alexandre Arruda (ex-SubAstor) prepara boa versão da margarita com uma espuma docinha de gengibre (R$ 35,00). Mas o que fica mesmo na memória é o sweet boulevard (R$ 37,00), mistura de uísque escocês, vermute tinto, Campari, Fernet e tintura de sal, repleto de nuances.

O wrap de frango ao molho de iogurte com curry, limão-rosa, acelga, amendoim e um toque de ervas (R$ 29,00) é passado pela chapa para ficar com uma crostinha.

Continua após a publicidade

Avaliação: três estrelas (BOM)

Clique para conferir o cardápio:

Cardápio Divulgação/Divulgação

 

 

 

 

Quer mais dicas? Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.
Continua após a publicidade
Publicidade